Make your own free website on Tripod.com

Renovação (e não inovação) é a chave do sucesso  

 

O guru mundial do marketing Sergio Zyman lança o conceito de renovação no marketing, instala sua empresa no Brasil e publica um novo livro

EXAME Antes de inovar, renove. A ordem parece simples, mas esconde uma série de conceitos trazidos à tona pelo guru mundial do marketing Sergio Zyman. Crítico atroz da publicidade como arte, ele lança ao mercado um novo desafio: fazer com que a empresa se conheça tão profundamente que não perca de vista a sua essência. Portanto, antes de partir do zero e fazer algo novo, a companhia deve entender o seu propósito e ampliar o seu potencial. Ou seja, renovar-se

Na semana que vem, Zyman vem ao Brasil lançar suas novas idéias verdadeiros obuses e explosivos, conforme alguns críticos no evento Marketing em Foco. Promovido pelas revistas EXAME e Meio & Mensagem, o seminário será realizado dia 9 de setembro, em São Paulo.

O grupo que o mexicano fundou e preside, o Z Group, ganha endereço fixo no Brasil até o final do mês. O representante da empresa para a América do Sul, Fernando Morey, assumirá a direção do Zyman Group Brazil Consultoria e Estratégia de Marketing Ltda. e espera chegar, em dezembro, com a concretização das prospecções comerciais que já têm feito. Se tudo der certo, o Brasil servirá de plataforma para a implantação de escritórios em outras bases da América do Sul.

Para quem não se contenta em ver e ouvir, mas quer também ler os novos conceitos do ex-executivo da Coca-Cola, o livro que Zyman acaba de preparar chega às livrarias dos Estados Unidos, no final do mês. O livro Renovate before you innovate ainda não tem data certa para ser lançado no Brasil. Deve chegar nas prateleiras até o início de 2005. Um conselho? Vá se preparando para uma bomba. De cada 10 projetos em que as empresas tentam inovar, nove dão errado. (Confira na edição da revista EXAME, que chega às bancas na quinta-feira (9/9), uma resenha sobre o livro).

Veja abaixo trechos de um depoimento que Sergio Zyman deu com exclusividade ao Portal EXAME:

Brasil

O Brasil está prestes a iniciar um tremendo crescimento econômico. É o país do futuro. Mostra estabilidade, ostenta a maior oportunidade de crescimento nas Américas cerca de 6%., Além disso, o mercado é muito competitivo, e o investimento está crescendo.

A questão é como deflagrar o crescimento e tomar vantagem com os novos investimentos. Eu tenho uma solução. Chama-se renovação.

Renovação é uma nova forma de planejar o marketing e tem criado resultados exuberantes nos Estados Unidos. Marketing é negócio. É comércio. E é a força motriz de um crescimento sustentável e lucrativo.

Inovação x renovação

Eu não gasto muito tempo com teorias e hipóteses. Falo do que realmente funciona. É por isso que vou mostrar por que inovação quase nunca funciona. E por que renovação é um investimento que as empresas brasileiras devem fazer.

O Brasil está em evolução, e a forma com que o país vai lidar com essa oportunidade é crítica para o país aproveitar todo o seu potencial.

Caso de sucesso

Um exemplo de empresa que investiu em marketing como parte do negócio é a UPS (United Parcel Service of America, Inc.). A companhia começou como um serviço de entrega de correspondência com bicicletas em 1907. Hoje fatura 31 bilhões de dólares.

É a segunda marca mais reconhecida no mundo, em parte porque eles optaram por uma rigorosa e disciplinada forma de marketing, a renovação.

A UPS conduziu de forma consistente uma pesquisa para se certificar que conheciam seus clientes. Além disso, se dedicaram para entender o que a empresa era em sua essência. Eles então usaram esse conhecimento para renovar o negócio, a estrutura de competitividade, os segmentos de consumidores, o posicionamento da marca e o conhecimento da marca entre os clientes.

Como um dos resultados, a UPS tornou-se a empresa líder no serviço de entrega e logística no mundo, e os lucros são, aproximadamente, quatro vezes maiores que do seu concorrente mais próximo.

Por Karla Spotorno

03.09.2004